Vida Real: Morre o dublador Waldir de Oliveira

Vítima de uma pneumonia, faleceu neste 1º de janeiro o dublador Waldir de Oliveira. Ele estava com 85 anos e vivia na cidade do Rio de Janeiro. Foi casado com Nícia Soares, já falecida, que dublou Samantha Stevens nos 45 primeiros episódios de A Feiticeira, Rosie (Os Jetsons) e Betty (em parte da série Os Flintstones).

Um dos grandes nomes da dublagem brasileira e veterano, Waldir de Oliveira, assim como muitos dubladores, teve o início de sua carreira no rádio. Participou de diversos programas, chegando também às rádio-novelas. Em 1956, ganhou o prêmio Roquete Pinto pelo trabalho relizado em Os Flintstones. Waldir escalou o elenco de vozes do desenho, traduziu e dirigiu a 1ª Temporada e dublou o Sr. Pedregulho. O trabalho foi realizado pelo estúdio paulistano Gravasom.

Waldir de Oliveira trabalhou muito interpretando vilões ou arrogantes com maestria. Além de emprestar sua voz ao Sr. Pedregulho em Os Flintstones, também dublou o Sr. Spacely em Os Jetsons, o Major em Leão da Montanha, o Capitão Randy Boone em Rin-Tin-Tin, o Zé Jacaré em O Pica-Pau, o Arthur Grossman em CHiP’s. Dublou também grandes atores de Hollywood, como William Holden, Bing Crosby, Fred Astaire, Gene Kelly.

Foi diretor de dublagem no estúdio Marshmallow, em São Paulo, e se aposentou da dublagem em 2008. Mesmo aposentado, Waldir ainda realizou alguns trabalhos como pontas nos desenhos Futurama, As Aventuras de Jackie Chan e como Mexilhãozinho, no episódio “Homem-Sereia e Mexilhãozinho 5” de Bob Esponja.

Share

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *